Nova ‘Graphic Novel’ reconta história de David Bowie e traz prefácio de Neil Gaiman

Divulgue-nos nas redes sociais!


O começo de janeiro é uma época de saudade para os fãs de David Bowie. O cantor britânico fazia aniversário no dia 7 e sua morte aconteceu logo depois do seu 69º aniversário, no dia 10 de janeiro de 2016. Em uma espécie de homenagem póstuma, Mike Allred Steve Horton se dedicaram em uma missão de fã: transformar a vida do starman em quadrinhos. O resultado foi lançado no último dia 7: “Bowie: Stardust, Rayguns, & Moonage Daydreams”.

“Foram leituras e mais leituras de livros e revistas de itens que colecionei ao longo da vida, mais muitas entrevistas em vídeo, documentários, reportagens e material filmado em shows. Foi emocionante encontrar tanto material online que se revelaram verdadeiros tesouros escondidos”, contou Mike, em entrevista ao “SYFY Wire”. O quadrinista revelou que sempre foi um aficionado por Bowie, desde a infância.

“O nosso objetivo era não se apoiar tanto em poucas fontes ou pontos de vista, mas desenvolver uma história com base em tudo para termos uma representação o mais precisa possível”, completou Steve. As ilustrações da obra foram feitas por Mike e Laura Allred, sua mulher. Se você é fã de David Bowie, se prepare para ficar tentado a gastar alguns dinheiros na obra. Na loja online da Amazon do Brasil, a obra de capa dura sai por R$ 157,57.

O livro tem um prefácio do escritor inglês Neil Gaiman, autor da clássica série de quadrinhos “Sandman”. O título faz referência à letra de “Starman”, uma das mais famosas canções de Bowie: “Se pudermos cintilar, ele pode aterrissar hoje à noite”. No texto, ele lembra dos primeiros contatos imediatos de terceiro grau com a obra do cantor e compositor, incluindo a visita à Victoria Station, onde ele lançou sua turnê de 1975, em meio a controversas poses de nazista e adoração de fãs.

Você pode gostar...