Maria, de Henrique Magalhães, ganha prêmio internacional

Henrique Magalhães, criador de Maria e fundador da editora Marca de Fantasia

Henrique Magalhães, criador de Maria e fundador da editora Marca de Fantasia

Henrique Magalhães é roteirista, desenhista, fundador e editor-chefe da editora independente Marca de Fantasia e mestre em comunicação pela UFPB. Maria, sua personagem de maior sucesso, foi criada em 1975, quando Henrique ainda estava estudando no Colégio Estadual Bairro dos Estados, com 17 anos. O desenvolvimento da personagem através dos anos tornou-a não só uma tira de humor de uma solteirona a procura de companhia, mas também uma ferramenta de crítica e questionamento social e político.

Isto fez com que as tiras de Maria ganhassem o mundo. Primeiro, na década de 1990, foram publicadas em fanzines e no jornal Algarve Região em Portugal. E, depois, em 2015, através do lançamento do Álbum “Seu nome próprio… Maria! Seu apelido, Lisboa!” pela editora Polvo que deu o destaque necessário para que o público português conhecesse melhor a nossa Maria.

Todo este trabalho e dedicação rendeu frutos e, no último dia 29 de outubro, a edição portuguesa de Maria ganhou o prêmio de melhor álbum de tiras humorísticas no Amadora DB – Festival Internacional de Banda Desenhada, realizado pela Câmara Municipal de Amadora, na região metropolitana de Lisboa. Este festival é o principal evento de quadrinhos em Portugal e um dos mais importantes do gênero na Europa.

Quando questionado sobre o que o prêmio representa para si e para os quadrinhos nacionais, Henrique Magalhães respondeu:
“O prêmio em Amadora é muito importante para mim como artista, claro, e também para a personagem Maria, por reconhecer a universalidade de minha obra. Mesmo tratando de política e de cotidiano, Maria ultrapassa as questões locais para abranger os conflitos humanos e as lutas por um mundo mais justo e fraternal. Essa conquista também representa muito para os quadrinhos brasileiros, pois projeta a produção do país no cenário internacional tendo em vista que o festival Amadora BD é o de maior prestígio em Portugal e um dos mais importantes da Europa.”

Para conhecer mais sobre o trabalho produzido por Henrique Magalhães, visite o site de sua editora, a Marca de Fantasia, clicando aqui.

Abaixo, a reprodução da capa do Álbum “Seu nome próprio… Maria! Seu apelido, Lisboa!”.

Capa do Álbum "Seu nome próprio... Maria! Seu apelido, Lisboa!" editado pela editora Polvo

Capa do Álbum “Seu nome próprio… Maria! Seu apelido, Lisboa!” editado pela editora Polvo

You may also like...

1 Response

  1. Muito boa matéria, Leonardo, obrigado pelo carinho.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *